TOXINA BOTULÍNICA:

Há várias marcas no mercado, algumas mais conhecidas como o Botox e Dysport.  A toxina botulínica tipo A é fabricada a partir de uma bactéria, Clostridium botulinum. Na cirurgia plástica e dermatologia é utilizada para tratamento da hiperidrose (excesso de suor nas mãos, pés e axilas) e para atenuar as rugas de expressão, neste caso aplicado diretamente no músculo em pequenas doses, causando seu relaxamento temporário.

Atualmente o uso de toxina botulínica é o tratamento estético não cirúrgico mais procurado. Os efeitos iniciais tornam se visíveis entre 48 a 72 horas após a aplicação, sendo os efeitos máximos atingidos em aproximadamente 1 a 2 semanas. Os locais de aplicação são definidos após o estudo da mímica facial do paciente e sua ação é classicamente melhor observada na testa, nos cantos dos olhos (pés de galinha) e entre as sobrancelhas. Pode ser obtida melhora do contorno do ângulo da mandíbula, atenuação das linhas do músculo do pescoço, melhora do sorriso gengival, diminuição do “código de barras” (linhas verticais no lábio superior) e elevação da sobrancelha. O efeito total do tratamento é de aproximadamente 4 a 6 meses, dependendo do metabolismo individual de cada paciente, técnica de aplicação e dosagem do medicamento.

Estes tratamentos são realizados no consultório, no mesmo dia da avaliação, e dispensam exames laboratoriais.  Recomenda-se um período de 4 horas sem fazer exercícios físicos, sem abaixar a cabeça ou deitar e não aplicar cosméticos nas áreas tratadas, evitando manipular estas regiões.

Não deve ser aplicado em mulheres grávidas ou amamentando nem em paciente em uso de   antibióticos do grupo dos aminoglicosídeos (por exemplo amicacina, gentamicina).

PREENCHIMENTO:

No mercado existem vários produtos, porém o mais indicado atualmente é o ácido hialurônico (Juvederm, Restylane e outros). O ácido hialurônico é uma substância produzida naturalmente pelo organismo humano e que está presente principalmente na pele com função de reter água, conferindo hidratação e volume. Com o passar do tempo e o processo de envelhecimento, esta substância se degrada e o organismo diminui sua capacidade de reposição, resultando em perda de volume, de contorno e o aparecimento das rugas.

É utilizado para o preenchimento de rugas labiais, sulco nasogeniano, aumento labial, aumento da região malar (maçãs), mento (queixo) e depressões em geral da face. O procedimento é feito em consultório, com anestesia local. Os efeitos do tratamento são imediatos, ocorre inchaço em algumas regiões nas 24 horas seguintes e pode aparecer equimose (roxo). A duração do resultado dependerá da área tratada, da apresentação do produto utilizado e da metabolização do paciente, podendo variar de 9 meses até 1 ano.

DERMAROLLER OU MICROAGULHAMENTO:

Melhora a aparência da pele, através de micro perfurações feitas por um mini rolo com pequeninas agulhas, estimulando a produção de colágeno e a renovação celular.

Uma revisão conduzida pelo pesquisador Horst Liebl, referência mundial na área, constatou que, após 3 a 4 aplicações, os pacientes tratados com Dermaroller apresentaram de 70 a 80% de melhora nas cicatrizes. O estudo analisou mais de 100 mil casos em 19 trabalhos publicados até então. A pesquisa mostrou que além da melhora significante de cicatrizes em geral, incluindo as de acne, o procedimento auxiliou ainda na redução de rugas, estrias, manchas e na melhora da textura da pele. Aumenta também a absorção do princípio ativo de cremes e serum, pois os furos criam canais para que o produto entre nas camadas mais profundas da pele.

Trinta a sessenta minutos antes do procedimento é aplicado gel anestésico, que reduz o desconforto causado pela técnica.

PEELING DE CRISTAL:

Promove uma esfoliação segura e eficaz da pele, removendo as células mortas e suavizando as rugas finas. Por provocar uma abrasão, o peeling de cristal também é utilizado no tratamento de estrias, estimulando a produção de colágeno.

PEELING QUÍMICO:

É um procedimento abrasivo que remove uma fina camada da pele. Esta camada se regenera           com o aparecimento de novas células. Indicado para amenizar marcas e manchas decorrentes do envelhecimento cutâneo. Existem diversos tipos de peeling químico, podendo ser aplicado de forma superficial, média ou profunda na pele, dependendo da substância química utilizada (como ácido tricloroacético, ácido mandélico, solução de Jessner, fenol, etc). O principal   cuidado pós-peeling é não se expor ao sol durante a recuperação, hidratar a pele com o creme indicado, usar filtro solar, chapéu ou boné.

LUZ PULSADA:

A Luz Intensa Pulsada (LIP) é uma tecnologia que emite luz com diferentes comprimentos de ondas, atingindo assim vários tipos de alvo como a melanina (dos pelos, sardas e manchas escuras), os vasos sanguíneos (microvasos da face, pescoço e colo) e o colágeno. Portanto pode ser utilizada para vários tratamentos. A luz emitida na pele gera calor, atinge a cor vermelha dos microvasos e a cor escura da melanina dos pelos e manchas, eliminando-os posteriormente. Estimula e remodela o colágeno mantendo a superfície da pele intacta.

Possibilita o tratamento de várias lesões causadas pelo fotoenvelhecimento, em diversas áreas do corpo como face, dorso das mãos, colo e pescoço. Trata rugas finas, vasos faciais, hemangiomas, rosácea, manchas solares, dano solar crônico, alteração de textura da pele, olheiras, poiquilodermia (manchas, vasos e envelhecimento do colo e pescoço). É utilizada também para depilação.

Geralmente, para se obter o máximo de eficácia no tratamento de manchas, sardas e vasos sanguíneos aparentes recomenda-se quatro sessões em média, mas é comum observarmos os resultados desde a primeira aplicação. Para o tratamento de rugas e flacidez, é preciso estimular o colágeno, o que demanda mais tempo. Consequentemente os resultados aparecem com mais tempo e podem ser necessárias até seis sessões de Luz Intensa Pulsada. O intervalo entre as sessões pode variar, mas a espera de 21 a 30 dias costuma ser suficiente.

LASER FRACIONADO:

Atualmente é impossível falar em beleza, estética e rejuvenescimento sem falar de Laser. Os mais utilizados são de CO2 e Erbium (Pixel). Fracionado significa que o laser foi dividido em vários microfeixes. Esta tecnologia permite atingir a pele profundamente, preservando áreas de pele intacta. O resultado será menor efeito colateral e recuperação mais rápida. Este laser atua aquecendo a água da pele a altas temperaturas, estimulando a produção e reestruturação do colágeno (proteína importante na sustentação da pele), tornando a pele mais firme, rígida e jovem. Todas as irregularidades superficiais e profundas melhoram por consequência. Esta é a base do efeito obtido com as cicatrizes de acne e estrias, embora não as eliminem totalmente. Eficaz também no tratamento de melasma, manchas solares ou senis e poros abertos.

Há uma tendência atualmente em fazer o tratamento de forma mais “leve e superficial”, ao longo de mais sessões ao invés de uma sessão mais “forte e profunda”. O tratamento é, no entanto, um pouco mais lento e caro, mas substancialmente mais seguro.

Cada aplicação demora de 20 a 45 minutos. O número de sessões pode variar muito, entre três a seis sessões, cada uma com intervalos de 30 a 60 dias (conforme o objetivo do tratamento).

Normalmente utilizam-se métodos anestésicos para se realizar o procedimento. Estes dependem do tipo de equipamento utilizado e da sensibilidade à dor do paciente. Podem ser utilizadas desde pomadas anestésicas, resfriamento da pele (equipamentos que resfriam a pele a temperaturas suficientemente baixas e amenizam muito a sensação de dor), até bloqueios anestésicos infiltrativos.

O tempo de recuperação da pele depende da profundidade do tratamento realizado. Os mais superficiais propiciam recuperação completa em torno de 5 a 7 dias. Os mais profundos podem demorar 2 a 3 semanas, podendo ser ainda mais prolongado. Em uma sessão mais “superficial”, que é a mais realizada, permite que o paciente retorne ao trabalho no 3º dia após a aplicação. É extremamente importante não se expor ao sol durante, no mínimo, 3 semanas e uso diário de bloqueador solar.

Pacientes que estão usando medicações que sensibilizam a pele (antibióticos da classe de tetraciclinas e isotretinoina) devem ter seu tratamento suspenso antes da programação do laser. Não há estudos sobre gestantes. Peles recentemente bronzeadas não devem receber este tratamento. Pacientes com pele morena ou negra devem ser avaliados individualmente, pois têm maior índice de efeitos colaterais com este tratamento. Áreas com feridas ativas também não devem ser tratadas. Uma exceção é a acne que pode ser tratada mesmo quando ativa.

SUTURA SILHOUETTE:

Este procedimento visa aumentar o volume e firmar a área da face, através da introdução de um fio de material reabsorvível e transparente de ácido polilático com cones no tecido subcutâneo da região a ser tratada. Com isto obtem-se um efeito lifting e ação regeneradora do colágeno. O ácido polilático age no tecido subcutâneo, estimulando a ativação de fibroblastos e a produção de colágeno, restaurando o formato da face. As principais indicações são: ptose de pele do terço médio da face, ptose do supercílio, perda de volume malar (maçãs), ptose da linha mandibular e flacidez no pescoço. Não é recomendado em pacientes com excesso de pele na região mandibular, associada a pele espessa ou com adiposidade excessiva, excesso de pele devido ao envelhecimento avançado e pele muito fina com falta de tecido adiposo. O resultado dura até 24 meses e o procedimento pode ser realizado ambulatorialmente com anestesia local.

Após o tratamento, a formação de edema ou hematoma suave pode ocorrer. Às vezes, pode aparecer leve depressão ou irregularidade na pele nos pontos de entrada. Estas inconveniências desaparecem alguns dias depois do tratamento.

Cuidados pós tratamento:

  • Usar pomada de antibiótico no ponto de entrada 2 vezes ao dia, por 5 dias.
  • Aplicar gelo nas áreas tratadas após o procedimento por 5 a 10 minutos.
  • Tomar analgésico em caso de dor.
  • Recomenda-se manter a cabeça elevada e dormir com o rosto virado para cima (5 noites).
  • Evitar manipular muito o rosto (5 dias) e movimentos faciais excessivos ao mastigar, conversar, bocejar (3 semanas).
  • Evitar massagens faciais e tratamentos estéticos faciais (3 semanas).
  • Evitar expor-se ao sol e não fazer bronzeamento artificial (2 semanas).

LIMPEZA DE PELE:

A limpeza de pele é um procedimento estético que visa a remoção de impurezas acumuladas na superfície da pele tais como cravos, espinhas e células mortas, deixando a pele com um aspecto mais saudável.  Indicada para todos os tipos de pele ajudando no equilíbrio das peles secas, normais, oleosas e mistas. Além do rosto pode ser feita também em colo e costas. Este procedimento estético é o primeiro passo para a manutenção e restabelecimento da beleza, luminosidade e maciez da cútis.